Está prestes a trocar ou já trocou o seu antigo colchão por um novo e agora não sabe como descartá-lo de uma forma que não prejudique o meio ambiente? Nós temos a solução para você!

Colchões são bens inservíveis, ou seja, não possuem nenhuma utilidade depois que atingem o tempo máximo de vida útil. Eles não podem ser reaproveitados devido a diversos fatores e um deles são os ácaros acumulados ao longo do tempo. No entanto, é possível realizar o descarte desse material de uma forma que não agrida o meio ambiente.

A Secretaria de Meio Ambiente informa que o cidadão que é proprietário do bem é o responsável pelo descarte, não sendo obrigatoriedade da empresa que forneceu o produto. De acordo com o artigo 264 do Código de Posturas do Município, “acondicionamento, coleta e transporte do lixo especial, quando não regulado em contrário, deverá ser feito obrigatoriamente pelo gerador dos detritos”.

Mas você não precisa se preocupar com isso, pois grande parte dos estados brasileiros realiza o descarte de colchões e outros utensílios domésticos pela própria Prefeitura do estado, de forma correta e sustentável. Porém, o recolhimento desses materiais deve ser avisado previamente à Prefeitura, para que eles possam buscar em sua residência ou em qualquer outro lugar adequado, excluindo assim o descarte de forma clandestina, em que os produtos são deixados nas ruas e calçadas. Quando o descarte é feito de forma incorreta, a Prefeitura poderá multar o gerador dos detritos.

Antes de o produto ser descartado, a própria Prefeitura o avalia. Quando ainda está em um bom estado, a equipe informa à Ação Comunitária para que o bem seja doado a famílias que necessitam.

De acordo com a Prefeitura, as épocas que mais ocorrem descartes irregulares são no Natal e Ano-Novo, período em que as famílias costumam trocar seus bens. Como fazer a solicitação do descarte A solicitação do descarte do bem inservível pode ser realizada pelo telefone 1746, da Central de Teleatendimento da Prefeitura, que funciona 24h por dia. Segundo informação do órgão responsável, a remoção pode ser realizada até, 10 dias úteis a contar do requerimento feito.

Geralmente, o horário da remoção é feito entre 7h e 22h. Vale ressaltar que a Prefeitura remove até seis itens por residência, salvo no caso de bens de grande peso ou volume, como geladeira, freezer, cofre, sofá, armário etc., em que a remoção fica limitada por dois itens por residência. Aconselhamos a obter maiores informações e retirar dúvidas existente diretamente com a prefeitura.

Vamos evitar que a nossa cidade vire um lixão a céu aberto, realize o seu descarte corretamente!