O que é bruxismo e como tratar

Você sabe o que é bruxismo? Essa é uma desordem funcional que, segundo a Organização Mundial da Saúde afeta cerca de 30% da população mundial e 40% da população brasileira. Com maioria dos casos em crianças, esse problema tem comumente origens em sentimentos de stress, ansiedade, tensão e fatores genéticos.

O que é bruxismo?

O bruxismo é o ato de ranger ou apertar os dentes. Existem dois tipos: o bruxismo em vigília e o bruxismo em sono. O primeiro caso pode ter dois fatores causadores: a musculatura da mandíbula apertando ou encostando os dentes por muito tempo; ou um efeito colateral de uma medicação. No entanto, é importante ter em mente que a segunda opção não é tão comum.

O segundo tipo de bruxismo, por sua vez, é o mais comum, e é uma desordem funcional relacionada ao sono.

Ele acontece quando, durante o processo de descanso, principalmente nos momentos mais leves, antes do adormecimento profundo, ocorre o movimento de ranger os dentes. O bruxismo durante o sono acontece de maneira intervalada, e, dessa forma, tem seus momentos de pico de maior fricção.

Como se trata o bruxismo?

Agora que você sabe o que é bruxismo, deve estar se perguntando como é feito o diagnóstico e, principalmente, como funciona o tratamento.

Essa desordem normalmente é diagnosticada pelos dentistas, pois a maioria das pessoas com esse problema não conseguem perceber seus atos. Por se tratar de uma perturbação normalmente noturna, um autodiagnóstico é extremamente difícil. Sintomas comumente associados ao distúrbio são: dores de cabeça, dores na mandíbula e dores de ouvido.

Para tratar de tal distúrbio, deve-se procurar um profissional especialista em distúrbios do sono, que trata também casos como ronco, apneia, insônia, pesadelos e o terror noturno.

Dentre estas questões, o bruxismo ganha destaque, pois é diretamente associado à ansiedade, tensão e stress, fatores estes que permeiam o século XXI, e, portanto, demonstram que a tendência para esse novo milênio é o aumento de casos de bruxismo não só entre crianças mas entre adolescentes e adultos.

Fatores que favorecem o bruxismo

Existem pesquisas que apontam a influência de fatores psicológicos no bruxismo. Por exemplo, segundo a revista Oral Rehabilitacion, as crianças de 13 a 15 anos vítimas de bullying têm até quatro vezes mais probabilidade se sofrerem com o bruxismo em comparação àquelas que não sofrem de ofensas verbais e/ou físicas.

Tal pesquisa mostra um padrão de comportamento comum entre pacientes com bruxismo. Seja o bullying na infância, sejam agressões na adolescência, seja assédio sexual ou moral na fase adulta, situações que desgastam emocionalmente as pessoas tendem a causar prejuízos físicos, a exemplo do bruxismo. Portanto, é interessante ficar de olho se um amigo, familiar ou pessoa próxima estiver sofrendo de bruxismo, pois pode ter relação com situações altamente estressantes ou degradantes em suas vidas.

Outros fatores que também despertam preocupações são: o consumo de álcool, drogas ilícitas, como a cocaína, e o cigarro.

Todos esses, de forma direta ou indireta, estão associados a uma piora nos sintomas do bruxismo. Portanto, são comportamentos que, associados a situações de stress rotineiras tendem a acentuar o bruxismo, que por sua vez tende a acentuar os sintomas já mencionados, provocando um efeito cascata, extremamente prejudicial à saúde.

Não há uma maneira única de tratar o bruxismo. Cada caso exigirá um tratamento diferente, que pode envolver aparelhos ortodônticos e terapia psicológica.

De forma individual, deve-se observar quais foram os principais fatores que levaram ao aparecimento do bruxismo. Em caso de stress por conta de excesso de trabalho, recomenda-se que haja um período maior de descanso; mas se o bruxismo tiver relação com fatores mais psicológicos, recomenda-se orientação de profissionais da psicologia.

Normalmente, o mais indicado é fazer uma abordagem múltipla, ou seja, uma abordagem que envolva tratamento odontológico, psicológico e farmacológico. Eles vão te ajudar a garantir uma boa noite de sono.

Sabe o que também ajuda você a ter uma boa noite de sono? Um Euro Colchões, claro! Não deixe de conferir os produtos em nosso site e adquirir o seu ainda hoje!

Precisamos conversar sobre o sono acumulado

Se você anda reclamando que falta tempo para tudo, até para dormir, pare o que está fazendo agora: precisamos conversar sobre sono acumulado. Encontrar alguém que não tenha uma rotina agitada hoje em dia é bem complicado. A impressão que dá é que são tantas as obrigações que um dia com 24 horas ficou curto!

Quem está na fase acadêmica, por exemplo, precisa acordar cedo para as aulas na faculdade, correr direto para o trabalho e, antes de voltar para a casa, encontrar um tempo para a atividade física. O sonhado fim de semana para repor as energias, perde espaço para os trabalhos acadêmicos, para os cursos de idiomas, para a reposição da leitura e outros compromissos, e toda essa preocupação provoca a falta de sono.

Independentemente da rotina, o fato é que viver em tempos atuais é encarar uma série de escolhas. Se você decidir dormir um pouco mais, vai ter que deixar de tomar o café da manhã antes do primeiro compromisso do dia. Ou se escolher ir à academia à noite, depois de um dia cheio, terá que dormir menos porque não pode adiar as obrigações do dia seguinte. Na grande maioria dos casos, o sono é o que mais sofre com esse esquema de compensação.

Por que você não deve negligenciar seu sono?

Muitas pessoas acabam adotando um estilo de vida no crédito, da mesma forma como funciona o cartão – gasto hoje, pago amanhã. O crédito no mercado funciona na base da confiança, ou seja, algum dia aquilo que você adquiriu será pago. É amplamente recomendado que, para evitar grandes transtornos, se faça o uso do cartão de crédito com moderação e sabedoria. Gastar mais do que se ganha no mês, por exemplo, é o início de uma bola de neve que pode se transformar numa avalanche que irá destruir a sua vida financeira.

Com o sono, a matemática é a mesma. Se você não compensar o seu corpo por uma noite mal dormida ou por aquelas horas a menos, o seu organismo vai começar a sentir os reflexos. Estresse, sonolência e vista embaçada são algumas das consequências de pessoas que dormem menos do que o necessário e não fazem a compensação. Além disso, a falta de sono pode trazer doenças, como obesidade, hipertensão e colesterol alto.

Diferentemente da fatura do cartão de crédito, que pode ser quitada no final do mês, o sono não aceita pagamento de uma só vez. Nosso organismo requer mais tempo para compreender que as horas a mais na cama são para suprir os dias que você passou em claro. A melhor forma de compensar o sono acumulado é com suaves e longas prestações.

Você certamente já deve ter ouvido de alguém a expressão “dormir até acordar”. Esta é a melhor forma de acertar as contas com o seu organismo.

Dê preferência para o fim de semana para quitar esse débito, afinal é um hábito que requer alguns cuidados. Não basta prolongar o tempo na cama, sendo que a qualidade do sono não foi suficiente para reparar o seu organismo. Por isso, escolha um sábado para desligar o despertador e dormir o tempo necessário, aquele que o seu corpo pede e precisa, sem preocupações com o horário em que irá despertar.

Detectar que está com sono acumulado é fácil. Observe sua rotina: quanto tempo você dedica para o repouso? Se for menos do que oito horas diárias, fique atento. Avalie o seu humor e disposição durante o dia. Dificuldade de concentração também é um indicativo.

Assim como o cartão de crédito, caso você opte pelo pagamento mínimo da parcela, a cobrança no mês seguinte será ainda maior. Com o sono acumulado, o raciocínio é o mesmo. Não deixe para amanhã o descanso que você pode ter hoje! Programe-se e tenha controle da situação, para que ela não se transforme em problemas mais sérios.

Ponha seu sono acumulado em dia

Torna-se muito mais fácil conseguir colocar o sono em dia ao repousar em um colchão confortável e pensado idealmente para o seu corpo, como são os colchões da Euro. Em nossa loja de colchões online, você pode conferir todos os nossos modelos e, nas lojas físicas, sentir a diferença de qualidade em comparação à concorrência.

Na hora de comprar um colchão ou trocar o antigo, não deixe de pensar na Euro Colchões. Quem se gosta tem um Euro.

Ácaros: você pode estar dormindo com um inimigo para a sua saúde

Você já deve ter ouvido falar sobre ácaros, mas saberia dizer exatamente o que são eles e por que são tão perigosos para a sua saúde? Sabe como se proteger? Sabe que já existe uma tecnologia que mantém seu colchão livre desses pequenos parasitas? Confira abaixo.

O que são ácaros?

O ácaro é um serzinho microscópico que vive por toda parte. Na água, no solo, como parasita de plantas e também de animais vertebrados e invertebrados. Dessa forma, não é muito difícil encontrá-los em locais úmidos, escuros e de altas temperaturas… como as residências.

Nossas casas, aliás, são um verdadeiro parque de diversões para eles. Os ácaros amam tapetes, almofadas, bonecos de pelúcia e, principalmente, colchões e travesseiros. Inclusive, especialistas afirmam que, em apenas dois anos de uso de um travesseiro, cerca de 1/3 de seu peso é formado por ácaros. Nojento, né?! Agora imagina por todo o colchão…

Curiosidades sobre ácaros

  • a palavra “ácaro” vem do grego “akares”, que significa “pequeno”. O que faz sentido quando tomamos conhecimento de que um ácaro adulto tem entre 0.25 e 0.75 mm de comprimento, podendo ser ainda menor.
  • Estima-se que existam cerca de 48.000 espécies diferentes de ácaros.

Os perigos do ácaro para a saúde

O perigo do ácaro se dá por dois motivos. Primeiramente, muitas espécies são parasitas do homem. O demodex folliculorum, por exemplo, atinge os folículos pilosos e as glândulas sebáceas, o que pode fazer com que o hospedeiro acabe ficando com cravos na pele. Outra espécie, o sarcoptes scabiei, atua nas áreas cutâneas e pode levar à escabiose, mais conhecida como sarna humana. O segundo motivo é que, mesmo que a espécie não seja parasitária, os ácaros mortos – e até os seus excrementos – podem ser inalados pelo ar e desencadear uma reação alérgica em humanos. Principalmente em quem já tem problemas respiratórios como asma, sinusite e afins.

Ou seja, é importantíssimo saber como manter sua cama limpa e livre de ácaros, para reduzir ao máximo as chances de que alguma crise alérgica seja desencadeada ou que você seja contagiado com alguma das doenças descritas acima.

Nós já falamos aqui em nosso blog sobre a importância de um colchão antiácaro para uma boa noite de sono, em um infográfico cheio de informações importantes. Também já explicamos por que escolher um colchão protegido desses seres microscópicos. Recomendamos a leitura desses artigos para ficar por dentro de mais detalhes sobre a prevenção aos ácaros.

Colchões com proteção antiácaro

Falando em proteção contra ácaros, sabe quem conta com várias opções de colchões com esse tipo de tecnologia? A Euro, claro! Aqui em nosso site, há uma lista de produtos com a exclusiva tecnologia Actipro, o melhor neutralizador de ácaros do mundo, que insere micro-organismos probióticos no tecido do colchão, criando um ambiente impróprio para a proliferação de ácaros (e também bactérias!). Com o Actipro, os ácaros não conseguem se alimentar nem se reproduzir, o que é uma garantia maior de que você pode ter um sono tranquilo e mais limpo.

Quem se gosta e se preocupa com a sua saúde tem um Euro Colchões com tecnologia Actipro.

Seja um franqueado Euro e tenha seu próprio negócio

Depois de um período de descrença no mercado, a Associação Brasileira de Franchising divulgou, recentemente, um balanço preliminar do desempenho das franquias em 2018 e uma projeção para o que vem por aí. As notícias são animadoras. No ano passado, o faturamento no setor aumentou 7% em comparação a 2017. O número de empregos gerados também subiu: +8%. Para 2019, estima-se que o número de contratações eleve 5% e que as empresas ganhem de 8% a 10% a mais de receita em todo o país.

Tal cenário tem motivado cada vez mais pessoas a procurarem uma franquia para gerar sua renda. Mas, além de precisar da verba necessária para o investimento, é importante também que a empresa escolhida passe confiança para o franqueado. Afinal, ninguém entra no jogo para passar por imprevistos.

É por isso que a Euro Colchões se torna uma excelente opção para quem procura uma boa empresa para investir. Além do baixo investimento necessário (com R$230.000 já é possível se tornar um franqueado), a previsão de retorno é rápida: apenas 24 meses de payback estimado. Isso sem falar dos treinamentos periódicos que a empresa oferece, para sempre ter o melhor desempenho em sua unidade.

O que acha quem é um Franqueado Euro?

Quem é franqueado da Euro só tem vantagem. E quem fala isso são os próprios franqueados. Daniel Greenhalgh, franqueado das unidades do Shopping Tijuca e do Shopping Boulevard, conta:

“[A Euro Colchões] é uma franquia que não é cara, com uma venda média alta. Achamos um negócio seguro para investir. Hoje me deparo com uma grande uma vantagem de não ter estoque, isso é um grande diferencial no mercado.”

Outra vantagem de contar com a Euro é o fato de a empresa estar em plena ascensão: a empresa, que atualmente conta com 50 lojas espalhadas pela região Sudeste do Brasil, planeja abrir pelo menos mais 10 lojas em 2019 e aumentar 25% na sua receita (que já tinha crescido 27% no ano passado, em comparação a 2017).

Ou seja, motivos não faltam para confiar na Euro Colchões para ser sua empresa escolhida para iniciar uma franquia. Ficou interessado em saber mais informações? Preencha nosso formulário e entre em contato com nossa equipe.

#EuroChallenge: vamos espalhar essa corrente do bem?

É muito bom ajudar quem precisa, não é? Dá aquela sensação de que está fazendo a coisa certa, de que vamos fazer a diferença, de alguma forma, na vida de alguém… Foi exatamente assim que nos sentimos quando saímos da Cidade de Deus, no último dia 30 de janeiro, depois de termos realizado o nosso #EuroChallenge.

Tudo começou com um desafio proposto pelo Chapolin Sincero, no Instagram. Uma publicação despretensiosa falando sobre pizza, junto a uma provocação à uma famosa pizzaria, levou à doação de diversas unidades da massa a moradores de rua. Essa ação inspirou diversas outras empresas, concorrentes ou não, a fazerem o mesmo. E a Euro Colchões se juntou a essa Corrente do Bem.

Depois de uma pesquisa, confiamos no NÓIZ Projeto Social para nos ajudar na distribuição de 60 colchões para pessoas mais necessitadas que residem na região atendida por eles. Colchões no caminhão, Chapolin devidamente vestido, todos preparados… Olha só o resultado:

“Logo que vimos o desafio, topamos na hora e nos comprometemos nas redes sociais a realizar mais uma ação socialmente responsável, entre outras que já participamos. Nesta iniciativa, nos unimos ao Projeto Nóiz, que já atua para levar melhorias para pessoas que vivem em condições precárias na região. Então, nós pensamos: como a Euro Colchões pode ajudar também os moradores a construírem um futuro melhor? A resposta foi simples e clara: ajudando-os a sonhar”, conta Mauricio Aballo, presidente da Euro Colchões.

 

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Uma publicação compartilhada por Euro Colchões (@eurocolchoes) em

Foi um momento de pura emoção! E ainda estamos contagiados com a energia do pessoal de lá e não queremos parar com essa onda do bem. 

Agora é a nossa vez de chamar todo mundo para ajudar quem mais precisa. Procure saber como ajudar o Projeto NÓIZ a continuar ajudando ainda mais pessoas. Ou então, procure saber onde há outras ONGs em regiões próximas de onde você mora. Qualquer tipo de doação é válida: pode ser roupas em bom estado que não sirvam mais, adoção de animais abandonados, com a preparação de alimentos a serem doados a pessoas em condições de rua, no entretenimento de crianças que estejam internadas em hospitais… Existem várias possibilidades de ajuda. Não precisa ser uma doação física. É necessário apenas que seja uma ação genuína, com bastante amor. E aí, vamos começar agora?

Fazer o bem é como os produtos da Euro Colchões: é bom e ajuda a ter um sono tranquilo.

A iluminação do quarto pode afetar a qualidade do sono?

Decorar a casa é uma das atividades mais gostosas quando o assunto é mudança. Escolher os itens e os objetos que expressam a sua personalidade é uma grande diversão para quem aprecia design de interiores. Além disso, dar um toque especial aos cômodos, com a escolha das cores dos revestimentos e os efeitos de iluminação, é uma forma de valorizar os ambientes.

Entre todos os cômodos, podemos dizer que o mais desafiador é o quarto. O local é responsável pelo merecido descanso das pessoas depois de um dia exaustivo de trabalho e, por isso, precisa garantir uma noite tranquila de sono.

Para isso, é fundamental investir em uma cama e um colchão confortáveis. Acrescente à lista também travesseiros macios e um jogo de cama aconchegante. Mas, se mesmo assim não conseguir uma noite tranquila, saiba que o problema pode estar nos detalhes, como, por exemplo, na iluminação do quarto!

O efeito da luz e das cores na qualidade do sono

Todos os dias, somos submetidos a uma avalanche de cores e luzes. Avalie como é a sua rotina. Só no caminho de volta para a casa, por exemplo, tem as cores dos faróis dos carros, dos letreiros de propaganda, e não se esqueça do estresse provocado pelo trânsito.

Para amenizar tudo isso, nada melhor do que um repouso. Melhor ainda se for visual, justamente para provocar o estímulo de relaxamento em nosso cérebro. Por isso, na hora de escolher as cores das paredes do quarto, dê preferência para tons mais leves. Cores vibrantes não são bem-vindas nesse cômodo!

Outro truque para ter uma boa noite de sono é a iluminação. Às vezes, para garantir uma economia no fim do mês na conta de energia, o morador dá preferência a lâmpadas de tipo LED. Por ter uma cor mais fria, o potencial de iluminação é maior se comparado a outros modelos. Mas essa intensidade prejudica o processo de relaxamento antes do sono. Cores claras e vibrantes transmitem para o corpo a sensação de energia, deixando o organismo em estado de alerta. É como se o corpo continuasse na mesma vibração com a qual chegou em casa no final do dia.

Por isso, na hora de escolher a iluminação que vai usar no quarto, dê preferência para as lâmpadas com cores mais quentes. Procure por opções que auxiliem na criação de uma atmosfera mais aconchegante. Uma dica é usar poucos pontos de luz, deixando o ambiente com um tom alaranjado e com meia-luz. Com essa tática, assim que o dono do quarto chegar para descansar, já conseguirá mudar a vibração do corpo. Isso vai tornar mais fácil deixar toda a adrenalina vivida durante o dia da porta para fora e desfrutar o tão aguardado descanso.

Ter uma boa noite de sono é a receita ideal para conseguir dias mais produtivos e saudáveis. Cientificamente falando, a luz influencia na produção de um hormônio chamado melatonina. Ela funciona no corpo como se fosse o motor do nosso relógio biológico e auxilia no processo do organismo em distinguir o dia da noite. O detalhe é que o hormônio só é produzido durante o sono, quando o ser humano fecha os olhos e inibe a entrada de luz.

Afinal, como dormir mais e melhor?

Pelo menos 40% da população brasileira sofrem com problemas de sono, segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS). As causas são as mais variadas, mas boa parte dos casos pode ser amenizada com hábitos mais saudáveis.

Além de criar uma atmosfera mais aconchegante com a iluminação ideal, evite utilizar o celular quando estiver pronto para dormir. Atividades como navegar no computador ou assistir TV na cama também precisam ser descartadas. Faça atividades mais relaxantes e prazerosas, como ler um bom livro ou tomar uma xícara de chá antes de dormir.

Quer saber mais dicas de sono como essas? Fique ligado(a) aqui no blog da Euro, sua loja de colchões online.

Malefícios do álcool para o sono

Algumas pessoas têm o hábito de ingerir álcool antes de dormir, como uma estratégia para conseguir cair no sono mais rápido. Elas acham que beber uma simples cervejinha antes de se deitar não faz mal. Quando é um caso isolado e uma quantidade pequena, os malefícios do álcool para o sono não chegam a fazer efeito. Entretanto, o problema começa quando beber se torna um hábito.

Os malefícios do álcool para o sono

Os malefícios do álcool para o sono podem ser bem mais irritantes do que uma leve ressaca no outro dia. Quando você ingere bebidas alcoólicas e já vai dormir, o seu cérebro não vai deixar você chegar ao seu sono profundo.

Pesquisadores afirmam que se deve ingerir álcool no máximo três horas antes de ir se deitar. Afirmam, também, que o sono fica muito mais leve, ou seja, qualquer barulho, por menor que seja, vai te acordar e você terá dificuldades para voltar a dormir.

Mas, beber antes de dormir também pode trazer outros problemas. Como, por exemplo:

Apneia do sono

A apneia do sono acontece quando o corpo inconscientemente para de respirar por alguns instantes, voltando instantes depois. Ele é mais comum em homens, e alguns de seus sintomas são o ronco alto e a sensação de cansaço ao acordar.

Roncar

O ronco por si só também pode ser provocado por conta da bebida, pois, quando você bebe, os músculos da garganta e da língua ficam relaxados, induzindo a ele. Quando uma pessoa já tem a facilidade de roncar mesmo sem ter bebido, tende a roncar ainda mais alto quando bebe.

Demora em aprender e dificulta com a memória

A relação do álcool com a dificuldade de aprendizagem e a falta de memória também é algo que devemos levar em conta. A redução de habilidades motoras e a capacidade cognitiva são alguns dos sintomas de que você deve pegar um pouco mais leve da próxima vez.

Atinge o sistema nervoso central

O álcool é uma substância que afeta vários neurotransmissores do cérebro. Quando você o ingere, ele pode gerar euforia, fala amolecida e falta de coordenação motora.

Além disso, algumas vitaminas podem deixar se ser produzidas durante o consumo. Algumas delas são as vitaminas B1 e B12. Além disso, com consumo excessivo de álcool, o sistema nervoso pode ficar alterado de forma irreversível, gerando doenças como demência.

O que fazer para tentar desviar os malefícios do álcool para o sono

Beba comendo

Quando você ingere algum alimento, principalmente aqueles com muito carboidrato, como pão e massas, você aumenta a capacidade de o seu corpo metabolizar o álcool. Mas, tome cuidado: a comida reduz a sensação de embriaguez, o que pode fazer com que você beba ainda mais.

Sempre respeite a regra da água

Se você ingerir um copo de água a cada dois copos de bebida alcoólica, os malefícios do álcool para o sono serão menos sentidos. Isso porque o álcool acumulado no estômago será diluído, fazendo com que a proporção de álcool presente na sua corrente sanguínea seja menor.

Evite bebidas com gás

Espumantes e drinks gaseificados devem ser evitadas ao máximo. As bolhas causam gases e inchaço, o que pode causar dificuldades de sono enquanto seu estômago estiver tentando absorvê-los.

Embora muitos pensem que ficam mais corajosos, dispostos e até mais desinibidos com bebidas alcoólicas, a ingestão delas traz mais malefícios do que vantagens, inclusive na hora de dormir.

E sabemos que você preza muito por ter uma boa noite de sono, não é mesmo? Conseguir ter uma noite tranquila fica ainda mais fácil ao se deitar em um Colchão Euro. Navegue pelo nosso blog e venha saber outras dicas de sono.

Faz mal dormir com cachorro na cama?

Já faz muito tempo que a expressão “vida de cachorro” não é utilizada para estabelecer referências com algo ruim ou difícil. Muitos pets de hoje em dia não conhecem o que é dormir na casinha de madeira no quintal. O fato é que, com o passar do tempo, cães e gatos ganharam espaço na casa dos brasileiros.

A sala de estar já não é mais a mesma, afinal de contas o bichano já tomou conta de um dos cantos do sofá. No armário da cozinha, um espaço é reservado para guardar a ração do pet em potes de vidro. E seguindo este raciocínio, é claro que não podemos deixar de falar do quarto, não é mesmo? Aquela caminha do pet shop é apenas um dos locais de repouso durante o dia. Para dormir mesmo, só se for junto ao dono – literalmente.

Dormir com cachorro na cama é algo que requer alguns cuidados, podemos dizer que até algumas mudanças de hábito. Passear com o cão na rua é uma obrigação de qualquer tutor, fora que faz muito bem para o bichinho. Mas sempre que der uma volta pelo quarteirão, é importante que o dono faça a higienização das patas do animal antes que ele suba na cama para descansar. Por mais limpo que seja o pet, há muita sujeira e bactéria nas ruas.

Manter a higiene do cão é fundamental, não só pelo bem-estar dele, mas para o seu também. Para quem sofre de alergia, dividir a cama com um cãozinho pode ser prejudicial à saúde. Por isso, é preciso ficar atento às crises alérgicas.

Outra dica legal é trocar a roupa de cama com frequência, mesmo que o seu “cãopanheiro” não sofra com queda de pelo. As vacinas e o vermífugo do animal precisam ser reforçados todos os anos. Essa é uma das melhores formas de garantir o desenvolvimento e a vida saudável do animal, além de ser uma maneira de evitar a transmissão de doenças.

Como dormir com o cachorro na cama?

Muitos cães gostam de dormir “colados” ao seu dono – é aqui que entra a história de mudança de hábito. Por maior que seja a cama, o animal vai se deitar junto ao dono. Em dias frios, a companhia pode ser uma grande aliada para se esquentar. Porém, no verão, isso pode se transformar num problema e, com isso, a qualidade do seu sono pode ser prejudicada. Por conta do incômodo, é normal que o descanso seja interrompido para encontrar uma posição mais confortável. Para não precisar levantar no meio da noite e não prejudicar o seu repouso, crie o hábito de levar o animal para fazer suas necessidades antes de ir para a cama.

Quem é fã de animal, sabe que é gostoso dormir com cachorro na cama, mas para ter um bom descanso e um dia produtivo, o ideal é cada um ter o seu espaço. Pode parecer bobo, mas investir num cantinho exclusivo para o seu pet é uma ótima saída.

Não é difícil encontrar fabricantes de colchões que resolveram investir nesse segmento e criar um estofado desenvolvido especialmente para os amigos de quatro patas. Um bom exemplo é o Europet, novo produto da Euro Colchões, que é um minicolchão especialmente desenvolvido para cachorros pequenos e médios.

Lembre-se que delimitar espaços é um papel importante para a educação do animal, e todos serão beneficiados. Isso não significa que o animal terá que dormir fora de casa ou até mesmo em outro cômodo. Ele pode continuar no quarto, mas em seu espaço exclusivo.

Com essa mudança, as noites de sono não serão interrompidas, o descanso será reparador e, com isso, os dias serão mais produtivos para você e para seu pet!

Mais uma vez, a Euro Colchões estabelece parceria com o Flamengo

A parceria da Euro Colchões com o Clube de Regatas do Flamengo acaba de atingir um novo nível. O novo Centro de Treinamento George Helal, o Ninho do Urubu, contará com os nossos colchões para o bem-estar e qualidade do sono dos atletas.

Mauricio Aballo, presidente da Euro Colchões, comemorou a renovação da parceria:

“A ação com o Flamengo vem confirmar nosso compromisso em aproximar a Euro de marcas e eventos esportivos que traduzam nossa essência, que é ligada à saúde, ao bem-estar e a hábitos saudáveis para viver mais e melhor”.

Nós sempre nos preocupamos com o desenvolvimento de novas tecnologias para os nossos produtos. Então, dormir em um colchão de qualidade, como o nosso, vai ter como consequência um melhor desempenho dos jogadores.

Mas não é só o time do Flamengo que vai sair ganhando com isso! Quem torce de verdade para o clube, também vai contar com descontos exclusivos na compra de produtos durante todo o mês de novembro de 2018. Ou seja, essa parceria é um verdadeiro gol de placa!

Euro Colchões no Prêmio ÉPOCA Reclame aqui

Fundada em 2005, a Euro Colchões se destaca no mercado como referência na criação de soluções de bem-estar, conforto e saúde, que a faz ser reconhecida como uma das melhores empresas do segmento. Mas a Euro Colchões não se dedica apenas a fornecer produtos de qualidade, a missão da marca é proporcionar bem-estar aos clientes. E ser indicada para o prêmio Época Reclame aqui como uma das melhores empresas para o consumidor na categoria colchões reforça que estamos no caminho certo.

O prêmio Época Reclame aqui

O prêmio Época Reclame aqui surgiu há 8 anos, a partir de uma iniciativa do ReclameAQUI para reconhecer as melhores empresas em atendimento ao consumidor. A Revista Época, em 2013, agregou-se ao projeto e fortaleceu ainda mais a premiação. A revista passou a ter uma edição especial com o Guia das Melhores Empresas para o Consumidor. Nela são publicados os vencedores de cada categoria, com distribuição nacional. .

Tornou-se o mais respeitado prêmio de atendimento do Brasil e reconhecido por milhares de consumidores que passam pelo ReclameAQUI diariamente. O Prêmio Época Reclame aqui é democrático e possui critérios rigorosos de seleção. A empresa vencedora de cada categoria é elegida por quem mais entende de atendimento ao cliente, o Consumidor.

Euro colchões indicada na categoria Colchões

Este ano, a Euro colchões tem a oportunidade de mostrar seu potencial no atendimento ao cliente, já que fomos indicadas pela primeira vez ao Prêmio Época Reclame aqui, na categoria Colchões. Isso só foi possível porque, para nós, você está sempre em primeiro lugar. Agora chegou a sua vez de nos colocar em 1º, contamos com você para votar na Euro Colchões para garantirmos nosso lugar no pódio!

VOTE AGORA!