Menu
Durma bem e melhore sua memória

Já sabemos que as oito horas recomendadas de sono que devemos ter a cada noite servem para que nosso corpo recupere energias e esteja pronto para realizar todas as atividades que lhe esperam no dia seguinte, além de fazer um tipo de “manutenção”.

O cérebro é o órgão responsável por isso, e para que tudo funcione ele não para de trabalhar a noite toda. Mas você sabia que ele também guarda melhor os dados que você fornece e ajuda que sejam lembrados mais adiante? Tudo isso enquanto você dorme.

Assim que você começa a dormir, seu cérebro passa por diferentes ciclos de sono e entra em um estado de restauração. Os neurônios, parte do sistema nervoso, conseguem se comunicar melhor e a partir disso surgem as imagens que você vê durante o sono. Acontecimentos importantes ou lembranças que o cérebro decide destacar são os que serão mais bem armazenados e que farão parte do sono, caso contrário, essas lembranças serão apagadas.

É por isso que quando você estuda antes de dormir no dia seguinte você consegue lembrar melhor e realmente aprender. Mas todo esse processo só acontece quando se dorme a quantidade certa, ou seja, cerca de oito horas, já que as fases pelas quais o cérebro passa ao dormir apenas poderão ser completadas com uma boa noite de sono.
Mas qual a real relação do sono com a memória?

Diversos estudos sugerem que realmente há uma correlação entre a consolidação da memória e os fusos do sono (que equivalem às rajadas de atividade cerebral que duram um segundo ou até menos), já que esta consolidação depende exclusivamente do hipocampo, parte do córtex do cérebro responsável pelo processamento de informações de curto prazo e da memória de longo prazo. Esta é a primeira região cerebral a ser afetada pelo mal de Alzheimer.
Devemos saber que a memória é dividida em dois tipos: declarada e não declarada (a segunda com vários subtipos). Estas duas partes envolvem alguns estágios, como estabilização, aumento etc. e é possível determinar o momento específico que o aprendizado ocorreu, de acordo com a gradação escolhida.

Algumas experiências feitas em laboratório mostram que até a mínima alteração no sono interfere diretamente no processo da memória, portanto, podemos concluir que o sono tem uma relação direta e real com a memória. Entretanto, a ciência ainda não conseguiu definir como acontece, detalhadamente, o processo durante a noite.

Como dormir bem?

Só dormir o tempo necessário não é suficiente para ter um bom descanso, a qualidade do sono também é muito importante. Sem o repouso certo, além de desenvolver alguns problemas de memória, você pode acordar no dia seguinte se sentindo irritado, de mau humor ou com fadiga. Para evitar esses efeitos negativos, diversos aspectos devem ser considerados – um deles é o colchão.

A sua capacidade de descanso durante a madrugada está diretamente relacionada ao seu colchão e à qualidade dele. Sabemos que o escolhido é sempre o mais confortável, mas é necessário que ele molde sua coluna, “cedendo” a parte mais pesada do corpo, de maneira que ela fique mais alinhada possível.

A qualidade do material também é primordial, além do tempo de uso. Então, se o seu sono anda prejudicado e o seu colchão está velhinho, deve ser a hora de aposentar o seu velho amigo.

Na Euro Colchões, você encontra uma grande variedade de colchões, para todos os gostos e bolsos e que cumprem os pré-requisitos para uma noite de descanso que não prejudique sua mente e corpo: conforto, suporte, excelentes matérias-primas e acabamento primoroso. Visite uma de nossas lojas e confira. Euro Colchões, quem se gosta tem!

Compartilhe esse post!

0 Comentário

Artigos relacionados

  TOPO